Consultoria do nutricionista em escolas

03/06/2016
Por: Juliana Menegazzi

A importância da consultoria do nutricionista para escolas é imensa devido as proporções que a escola tomou em relação à educação geral das crianças, dentre elas, a educação nutricional.

Com a inserção da mulher no mercado de trabalho e por conseqüência sua ausência no lar, a escola tornou-se a segunda casa de muitas crianças. É na escola que as crianças passam a maior parte do tempo, se alimentam, brincam, aprendem entre outras atividades. Visto a correria do dia-a-dia, os pais começaram a ter uma preocupação maior com a alimentação das crianças e buscam não somente uma escola, mas sim uma segunda família, onde a criança possa ter tudo que tem em seu lar, desde a atenção, o cuidado, o carinho até uma a alimentação saudável.

Antigamente acreditava-se que bons hábitos alimentares eram advindos somente de casa, hoje em dia este conceito mudou. As escolas buscam oferecer uma alimentação saudável, pois sabe-se que o estado nutricional é extremamente importante para a aprendizagem. É ai que entra o nutricionista! Aí que entra a consultoria em escolas.

Hoje em dia é um diferencial para a escola que possui uma nutricionista, pois com um profissional da área acompanhando de perto a manipulação dos alimentos, a oferta desses alimentos e o consumo dos mesmos pelas crianças garante maior credibilidade da escola para os pais.

Muitos administradores de escolas acreditam que a nutrição é responsabilidade somente dos pais e por outro lado, muitos pais acham que a escola tem obrigação de tornar a alimentação disponível e orientar a criança a comer uma variedade adequada de alimentos. Ambos estão equivocados, pois a Educação Nutricional para promover a formação e manutenção de bons hábitos alimentares devem ser tanto dos pais quanto da escola.

O papel de cada um na educação nutricional

À família, caberia o papel de oferecer uma dieta diversificada, estimulando a criança comer os mais variados alimentos. À escola, caberia o papel de ensinar a importância dos alimentos para a saúde e orientá-los sobre as mensagens publicitárias que muitas vezes influenciam nos hábitos de consumo, além do oferecimento de uma merenda saudável. Cabe ao Nutricionista dar o auxílio e suporte necessário às educadoras para que estas possam passar aos alunos todas as informações necessárias.

O nutricionista é fundamental no acompanhamento da manipulação dos alimentos que serão oferecidos às crianças, bem como a avaliação das instalações onde são preparados e suas condições sanitárias. Verificando de perto todo o processo, é possível detectar erros e inadequações na manipulação e reverter este quadro para que haja a segurança alimentar.

Outras funções da nutricionista na escola é promover programas de educação alimentar e nutricional, visando crianças, pais, professores e funcionários. O aprendizado pode ser informal e natural, portanto a educação nutricional não se faz apenas na sala de aula, devendo qualquer oportunidade ser utilizada para promover atitudes positivas sobre os alimentos.