Os treinamentos geram economias

23/04/2018
Por: Juliana Menegazzi

Nossos treinamentos geram economias. Você já falou isso para os bares, restaurantes, hotéis e demais lugares que você presta consultoria de alimentos?

Se você ainda não percebeu isso, deve refletir para transmitir esse valor de seus treinamentos aos seus clientes.

Recentemente vimos um caso de racismo ocorrido em uma cafeteria da Starbucks, na Filadélfia (EUA), onde dois homens negros foram presos pela polícia dentro de uma loja depois de solicitarem o uso do banheiro. Eles não estavam consumindo nada e disseram que iriam fazer seus pedidos assim que um amigo chegasse. Frente a isso, o gerente mandou que eles fossem embora e, quando os dois se recusaram, a polícia foi acionada. Os homens foram algemados e passaram oito horas sob custódia.

Vídeos do acontecimento foram postados em redes sociais e tiveram repercussão mundial e diversas lojas foram alvos de protestos por todo país. O CEO da Starbucks, Kevin Johnson, pediu desculpas aos homens que foram presos indevidamente e publicou uma nota informando que mais de 8000 lojas próprias serão fechadas durante uma tarde para treinamento de cerca de 175 mil funcionários.

Infelizmente, o preconceito racial não é incomum nos Estados Unidos (nem no Brasil) e é um séria questão a ser discutida por todos, no entanto analisando do ponto de vista de capacitação de colaboradores, no impacto que esse fato gerou para a marca, no relacionamento com todos os cliente e no custo de parar, mesmo que por apenas uma tarde, 8000 mil lojas, eu te pergunto: Será que nossos treinamentos não geram economias?

Os benefícios são imensos e podem evitar o acontecimento de problemas, os treinamentos geram economias quando são bem preparados e bem aplicados, quando fazem parte da política empresa, quando são valorizados por todos.

Nos, consultores de alimentos, temos que ter as soluções mais incríveis, práticas e rentáveis para os nossos clientes. Além dos importantíssimos treinamentos de boas práticas, treinamento de atendimento ao cliente é de extrema importância e uma necessidade geral do mercado.

O atendimento pode ser o grande diferencial de um estabelecimento, ele tem parcela tão ou mais importante que o sabor dos alimentos, mas ainda muitos não enxergam assim, inclusive, consultores. Os consumidores exigem experiências cada vez mais completas e possuem todo o poder de decisão as mãos

Faça parte da REVOLUÇÃO DOS CONSULTORES DE ALIMENTOS, comece a enxergar seus clientes como empresas que buscam lucro, que precisam de cliente fiéis e que precisam de um consultor atento às novas demandas do mercado.

Nosso treinamentos geram economias, você está preparado para oferecer treinamentos brilhantes e eficazes?