Tendências: Categorias de Consumo

10/04/2018
Por: Jamile Meneses

Ano após ano estudamos as pesquisas, frequentamos feiras do ramo de nossa atuação, o segmento de alimentos e bebidas, e acompanhamos as novidades sobre as categorias de consumo que mais crescem ao redor de todo mundo: NRA – Chicago, Fancy Food – New York, Restaurant Canada Show em Toronto, entre outras.

A velocidade das mudanças nos cobra mais proximidade de empresas que apresentam dados, números e tendências para que possamos discutir e levar soluções aos nossos clientes e auxiliá-los nas tomadas de decisões para que possam conhecer cada vez mais seu público consumidor e o que eles esperam dos serviços. Especialmente no mercado de alimentos e bebidas com foco no setor de food service, as indústrias apresentam mudanças relevantes em algumas categorias. 

Empresas como Nestlé, líder no mercado de alimentação mundial tem apostado no mercado de refeições prontas e entrega on line ou seja conveniência é a palavra do momento. Recentemente a líder Nestlé comprou uma start-up, a Freshly dos USA, e seu modelo funciona assim: o consumidor escolhe o prato que quer comer — há mais de 30 opções no site da empresa, todas sem glúten e sem açúcar refinado, e as opções mudam toda semana. Os chefs da Freshly preparam o prato na hora e a companhia entrega na casa do cliente. A comida nunca é congelada, mas, na melhor tradição americana, você tem que esquentá-la por 3 minutos no forno microondas antes de comer, há planos de assinatura de 4 a 12 refeições por semana. Temos outros grandes exemplos como a fusão entre Amazon – entrega on line e Whole Foods – supermercado saudável que significa a disrupção do momento para o mercado on line de alimentos. Na China, com Alibaba segue a mesma tendência de fortalecer o delivery de alimentos com seus negócios por lá também. 

Temos alguns exemplos (Healthy Box, Cheftime, Blue Box – com acompanhamento de nutricionistas que começaram a apostar nesse mercado e aqui no Brasil um indicador de que o delivery de alimentos e a conveniência serão a grande aposta do mercado é a força que o Ifood vem conquistando mesmo em tempos de baixo consumo. Estas duas tendências de serviços e consumo estão diretamente relacionadas: conveniência e delivery de comida pronta. 

Estamos bastante otimistas que as áreas de negócios relacionadas a alimentação fora do lar terá muitas oportunidade principalmente para consultores de alimentos e nutricionistas que atuam diretamente e são peças importantes para manutenção da qualidade, garantia da segurança alimentar e sucesso destas tendências. Consultores de restaurantes e serviços de alimentação já podem comemorar pois nosso setor está em forte crescimento e investimentos para os próximos anos.

Seja você o diferencial encantador para seus clientes!